6 de julho de 2022 9:49 AM

Desmoronamento

Após obras emergenciais, rodízio de veículos é retomado em São Paulo

Foto: Agência Reuters
Cratera aberta na Marginal Tietê foi fechada com concreto
Daniel Mello

O rodízio municipal de veículos voltou a valer hoje (7) na cidade de São Paulo. Assim, a circulação no centro expandido da capital paulista fica restrita aos horários de pico a partir dos números das placas.

O rodízio tinha sido suspenso na terça-feira (1º), após vazamento de esgoto em obra da Linha 6 – Laranja do Metrô, o que provocou a abertura de uma cratera na Marginal Tietê, zona norte da cidade. Não houve vítimas, mas o trânsito na região foi fortemente afetado. O acidente ocorreu no sentido Rodovia Ayrton Senna, próximo da ponte da Freguesia do Ó.

Desvio

A pista central da marginal foi liberada na última quinta-feira (3), após o fechamento da cratera com concreto, porém a via local continua interditada. Hoje (7), começou a funcionar um desvio para amenizar os impactos no trânsito da região, atendendo, inclusive, as linhas de ônibus que passam pela pista.

A obra emergencial foi realizada pela Acciona, empresa responsável pelas obras do metrô, a partir do projeto desenhado pela Companha de Engenharia de Tráfego (CET). A companhia municipal vai ainda instalar um novo semáforo na esquina da Avenida Ermano Marchetti com Rua Cenno Sbrighi, para onde o fluxo de veículos está sendo redirecionado.

Rodízio

Com a volta do rodízio, a circulação de veículos no centro expandido volta a ter restrições nos horários das 7h às 10h e das 17h às 20h. A cada dia da semana a interdição reveza veículos com dois finais de placa diferentes: 1 e 2 às segundas-feiras; 3 e 4 às terças-feiras; 5 e 6 às quartas-feiras; 7 e 8 às quintas-feiras; 0 e 9 às sextas-feiras.