21 de maio de 2022 11:57 PM

Homenagem

Assembleia Legislativa homenageia 250 personalidades que escrevem a história da instituição

Foto: Eduardo Andrade
Durante a solenidade foram homenageados homens e mulheres, roraimenses e roraimados, que contribuíram com a história do Parlamento
Suellen Gurgel

Medalhas, títulos, plenário lotado e sentimento de gratidão marcaram a homenagem a 250 personalidades que escrevem os 30 anos de história da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), numa sessão solene nesta terça-feira (19).

O evento no plenário Noêmia Bastos Amazonas encerrou as comemorações dos 30 anos da Casa Legislativa e da promulgação da Constituição de Roraima. As festividades iniciaram em agosto do ano passado.

Em tom de agradecimento, o presidente da Casa, Soldado Sampaio (Republicanos), falou dos esforços de construir um acervo que resgate as memórias do legislativo. “Não há um país, uma sociedade e muito menos um Poder Legislativo sem história.  Por isso, nós criamos o acervo para resgatar a história política. Estamos a todo vapor montando parceria com as universidades, professores e ex-deputados”, comentou.

Sampaio também afirmou que a homenagem aos homens e mulheres, roraimenses e roraimados, além de merecida, reconhece o legado dos pioneiros. “E eu quero dizer a cada ex-deputado, deputado, servidores homenageados que o nosso amadurecimento é fruto do aprendizado vivenciado por vocês e serve de parâmetros na construção dos bons debates”, disse.

Neste sentido, é justo dividir os louros com quem contribuiu decididamente para o enfrentamento de questões cruciais para o desenvolvimento do Estado.  “As questões da terra, as energéticas, a economia do contracheque, toda essa luta a gente continua. Sabemos que os senhores fizeram o possível, e se hoje já solucionamos o título das glebas é porque foram os ex-deputados e a sociedade roraimense, lá atrás, que deram o pontapé inicial. Então, reconhecemos e agradecemos a cada um que contribuiu para esse debate”, reconheceu.

A chamar de Poderes irmãos, o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Roraima (TCE/RR), Manuel Dantas, ressaltou a importância do Legislativo,  o primeiro a ser instalado.

“O Tribunal de Contas é um parceiro de raiz constitucional. São como irmãos siameses. Eu tenho que congratular a Assembleia Legislativa, pois quando homenageia representantes dos Poderes, a sociedade também é homenageada”, destacou.

Os primeiros homenageados, ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o bispo Dom Mário Antônio da Silva, foram agraciados com o título de Cidadão Benemérito do Estado. As “Medalha Comemorativa dos 30 anos da Assembleia Legislativa” foram concedidas  aos deputados constituintes e da atual legislatura, servidores e ex-servidores, bem como para autoridades civis e militares.

O deputado constituinte, Flávio Chaves não escondia a alegria em ser homenagem e  relembrou as dificuldades do pioneirismo e desafios para fazer uma Constituição que traduzisse os anseios da população.

“Eu, como primeiro presidente da Assembleia Legislativa, assinei a nossa Constituição, então a felicidade é muito grande. Nós não tínhamos muito recursos, trabalhávamos com os nossos próprios carros e rodamos o Estado de norte a sul, de leste a oeste. Fomos a todos os municípios pegar sugestões da população e junto com os prefeitos, fazíamos os artigos das leis”, rememorou.

Marcaram presença na solenidade o chefe do Executivo, Antônio Denarium (PP); representante do Poder Judiciário, a desembargadora Tânia Maria Vasconcelos; o senador Mecias de Jesus (Republicanos); deputado federal Hiran Gonçalves (PP); a procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado (MPRR), Janaína Carneiro Costa; presidente do Tribunal de Contas, Manuel Dantas Dias; defensor público-geral, Oleno Matos; o reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), José Geraldo Ticianelli, e outras autoridades.

A solenidade foi transmitida ao vivo pela TV Assembleia (canal 57.3), Facebook e YouTube (@assembleiarr).