1 de julho de 2022 12:57 PM

Atlético-MG e Flamengo decidem Supercopa sob tensão nos bastidores

Foto: Lucas Figueiredo
Rádio Nacional transmite às 16h o duelo pelo 1º título nacional do ano
Lincoln Chaves

A decisão da Supercopa do Brasil, entre Atlético-MG e Flamengo, ocorre neste domingo (20), às 16h (horário de Brasília), na Arena Pantanal, em Cuiabá. A Rádio Nacional transmite o duelo ao vivo, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes. A disputa, porém, foi antecipada nos bastidores, acirrando uma das maiores rivalidades interestaduais do país.

A demora para definição do local da partida culminou na troca de farpas entre dirigentes dos clubes. O duelo, inicialmente, seria no Mané Garrincha, em Brasília, mas o aumento de casos do novo coronavírus (covid-19) no Distrito Federal levou a restrição da presença de torcedores no estádio, inviabilizando o jogo na sede dos dois últimos anos – ambos com títulos para o Flamengo, sobre Athletico-PR (2020) e Palmeiras (2021).

A falta de consenso sobre o palco da decisão demorou quase um mês e a escolha de Cuiabá pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desagradou ao Atlético, que já tinha rechaçado levar o jogo para o Nordeste, onde o Flamengo tem grande torcida. Os cariocas, por sua vez, discordaram da ideia atleticana de fazer o duelo no Mineirão, em Belo Horizonte. O argumento dos mineiros era que o clube fora tanto campeão brasileiro como da Copa do Brasil no ano passado. O Rubro-Negro se credenciou à disputa como vice da Série A de 2021.

“Em relação à torcida, provavelmente não jogaremos no Brasil, porque em qualquer lugar do país a torcida do Flamengo será maioria. É simples, é a vida como ela é”, declarou o vice-presidente do Flamengo, Marcos Braz, em entrevista coletiva no fim de janeiro.

O Atlético se manifestou em ofício à CBF, no qual o presidente Sérgio Coelho considerou uma “injustiça” a decisão ser na Arena Pantanal. O dirigente criticou uma suposta “falta de isonomia” da entidade e afirmou que o Flamengo soube da escolha da sede com antecedência, tendo feito “desde o dia 7 [de fevereiro], reserva no melhor hotel da cidade”.

Dentro de campo, o duelo opõe dois dos três elencos mais caros do Brasil, segundo o site Transfermarkt, especializado em finanças do futebol. O Flamengo possui o segundo time mais valioso do país, avaliado em R$ 837,7 milhões, seguido pelo Atlético (R$ 623,4 milhões).

O atacante Eduardo Vargas, que se recupera de uma lesão no joelho esquerdo, é o único desfalque certo do técnico Antonio Mohamed. O meia Matías Zaracho, que sentiu a coxa na vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, no sábado passado (12), no Independência, em Belo Horizonte, pelo Campeonato Mineiro, é dúvida. O argentino não foi relacionado para o jogo de quarta-feira (16), no Mineirão, diante do Athletic, pelo Estadual, com triunfo alvinegra por 1 a 0.

O provável Galo neste domingo terá Everson, Mariano, Diego Godín, Nathan Silva e Guilherme Arana; Jair, Allan e Nacho Fernández; Jefferson Savarino, Hulk e Keno.

No Flamengo, o técnico Paulo Sousa tem duas baixas confirmadas: o zagueiro Rodrigo Caio, que trata uma lesão no joelho, e o volante Thiago Maia, que sofreu um corte na perna durante um treino. A dúvida é o meia Andreas Pereira, que sentiu o tornozelo esquerdo na quarta, na vitória por 2 a 1 sobre o Madureira, no Conselheiro Galvão, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Carioca.

O Rubro-Negro deve atuar com Diego Alves; Mauricio Isla, Fabrício Bruno, David Luiz e Filipe Luís; Willian Arão, Giorgian de Arrascaeta e Everton Ribeiro; Bruno Henrique, Pedro e Gabriel.