Porandubas nº 765

Abro a coluna com um caso hilário da velha Bahia. Grande prole… Da Bahia, vem a historinha. José de Almeida, contador do Banco do Brasil, fazia o cadastro da agência. Um dia, chega Heroíno Pita, fazendeiro, que responde na bucha o formulário: nome, idade, imóveis, renda anual, dívidas. Aí vem a pergunta: – Quantos filhos […]

Porandubas nº 764

Começo com o Papa Francisco numa cadeira de rodas. O papa e a artrite O bêbado entrou no ônibus aos tombos. Malvestido, sujo, tossindo, tropeçando, tremendo, com um jornal na mão, sentou-se ao lado de um padre. A cada arranco do ônibus, tombava para o lado do padre, que, irritado, o empurrava sem piedade ou […]

Porandubas nº 763

Abro a coluna com a Paraíba. Silêncio, silêncio Flávio Ribeiro, presidente da Assembleia (depois foi governador da Paraíba), estava irritado com as galerias, que aplaudiram e vaiaram durante um debate entre o deputado comunista Santa Cruz e o udenista Praxedes Pitanga. De repente, tocou a campainha, pediu silêncio e avisou, grave: – Se as galerias […]

Porandubas nº 762

Abro a coluna com uma historinha da lavra de Vítor Sérgio, de Manaus. Urgência na farmácia Com a palavra, Vitor: Tenho um amigo que mora em Canutama, município do Amazonas. Certa vez resolvi visitá-lo e fiquei contente porque ele prosperara e montara uma drogaria, que funcionava no térreo de sua casa. Num domingo de sol, […]

Porandubas nº 761

Abro a coluna de hoje com uma deliciosa historinha do Brejo das Freiras, lá nos fundões da Paraíba, pertinho do meu torrão, Luis Gomes/RN. Lascou-se… Brejo das Freiras é uma Estância Termal nos confins da Paraíba, perto de Uiraúna e Souza. Trata-se de um lugar para relaxamento e repouso. O governo da Paraíba tinha (não […]

Porandubas nº 760

Abro a coluna com uma historinha do Ceará. Que mundo doido… – É o diabo, o mundo endoidou – exclamava Maneco Faustino nas ruas de Limoeiro/CE. E completava: – Veja vosmicê: tá se vendo estrela a mei dia; já hai galinha com chifre; cangaceiro dá esmola pra fazer igreja; já apareceu bode que dá leite; […]

Porandubas nº 759

Recebi uma saraivada de protestos por não ter inserido a historinha que abre Porandubas. Volto ao modelo. E, como brinde, mais uma historinha no final. Então, aqui vai. Está “distituído” O major José Ferreira, cearense dos bons, amigo do padre Cícero, é quem relata: “Há muito matuto inteligente e sagaz, mas também há muito sujeito […]

Porandubas nº 758

Brevíssimas… Por aqui… – O presidente Jair continua apostando em intensa polarização da campanha eleitoral. Ele será responsável pela expressão radical de um lado. Vai dominar as redes sociais, onde Lula não é muito requisitado. – Artigo de Élio Gaspari na FSP, com muita repercussão, diz que o presidente ensaia um golpe, sendo a noite […]

A TRILHA DA INSENSATEZ

Para começo de conversa, o perdão concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ao deputado Daniel Silveira é um ato de natureza política que não puxará um único voto para o bornal do candidato à reeleição. A hipótese parte do princípio de que a graça ofertada ao parlamentar tem o condão de agradar as bases bolsonaristas, setores […]

Porandubas nº 756

Abro a coluna com uma historinha do Piauí. Mão Cheinha era louco e muito querido no Ceará, conta Sebastião Nery. Um dia, levaram-no para o Sanatório Meduna, no Piauí. Mão Cheinha, muito vivo, acabou virando louco-chefe. Tomava conta dos outros e era respeitado por isso. No sanatório, havia um pé de mangueira que nunca dava […]

O ELEITOR É UMA CAIXA-PRETA

Quem é o eleitor brasileiro? Eis a pergunta sobre a qual, a esta altura, estão debruçados candidatos e assessores. O que os leva à decisão de voto? Quais são os fatores que balizam o processo decisório? Tentemos mostrar nuances. Cerca de 150 milhões de eleitores brasileiros deverão ser envolvidos pela “feitiçaria” que a publicização política […]

Porandubas nº 755

Abro com uma historinha de Zé Abelha. As três pessoas No confessionário, Monsenhor era rápido. Não gostava de ouvir muita lengalenga. Ia logo perguntando o suficiente e sapecava a penitência que, sempre, era rezar umas ave-marias em louvor de N. S. do Rosário. Fugindo ao seu estilo, certa feita ele resolve perguntar ao confessando quantos […]

A GANGORRA DEMOCRÁTICA

Duas notícias alvissareiras. A primeira é a da aprovação pelo Senado americano da primeira juíza negra na Suprema Corte do país, Ketanji Brown Jackson, por indicação do presidente Joe Biden, no lugar do magistrado Stephen Bryer, que vai sair em breve. A segunda boa informação é a suspensão da Rússia do Conselho de Direitos Humanos […]

Porandubas nº 754

Um final surpreendente. Freyre com y Abro a coluna com a lembrança de Gilberto Freyre (com Y), um nome que se eleva no panteão da sociologia brasileira. Final de 1963. Festa de Formatura da turma do 3º colegial do Colégio Americano Batista, na rua Dom Bosco. Paraninfo escolhido: Gilberto Freyre, que havia estudado no colégio […]

AS CURVAS DA ESQUERDA

Ante a hipótese, bem razoável, da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva no pleito presidencial de outubro, emerge naturalmente a questão: onde está e para onde vai a esquerda no Brasil? Para começar, a constatação: a esquerda, hoje, já não é mais a de Lula em fevereiro de 1980, quando um grupo heterogêneo, formado […]

Porandubas nº 752

Abro a coluna com historinhas do grande Câmara Cascudo, descritas pelo acadêmico e professor Diógenes da Cunha Lima, em sua magnífica coletânea Câmara Cascudo, um Brasileiro Feliz (Lidador, 3ª ed.) O poeta João Cabral de Melo Neto insiste em ver Cascudo. Dona Dália adia várias vezes a visita, preocupada com a saúde do marido. Zila […]

Porandubas nº 751

Abro a coluna com Albert Einstein. Certa vez, Einstein recebeu uma carta da Miss New Orleans (EUA) onde ela dizia: “Prof. Einstein, gostaria de ter um filho com o senhor. A minha justificativa se baseia no fato de que eu, como modelo de beleza, teria um filho com o senhor e, certamente, o garoto teria […]

Porandubas nº 750

  Abro a coluna com o Mato Grosso do Sul. Residência médica Em Dourados/MS, foi eleito um prefeito semianalfabeto. Prometia na campanha: “prometo manter os postos de saúde abertos 24 horas, inclusive à noite”. Em outra ocasião, a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) implantou o curso de medicina. Por conta das dificuldades de encontrar […]

Ameaça à civilização

A foice da morte, que circula no planeta desde o início da pandemia, estendeu seu arco nos últimos dias, com a invasão da Ucrânia pela Rússia. Que iniciou uma guerra desvairada, mobilizando gigantesco comboio de tanques, aviões de transporte balístico, navios com mísseis, 200 mil soldados, sob um grave alerta de forças nucleares. O autor […]

Porandubas nº 749

Abro a coluna com uma historinha das Minas Gerais. Da burrice e da engenharia Viajando pelo interior de Minas, o arquiteto Marcos Vasconcelos encontrou um grupo de trabalhadores abrindo uma estrada: – Esta estrada vai até onde? – Muito longe, muito longe, doutor. Atravessa o vale, retorce na beirada da serra, quebra pela esquerda, retoma […]

UM ETERNO RECOMEÇAR

A cada estação do ano, o Brasil ganha um carimbo. Neste momento, a marca aponta para cerca de 650 mil mortos da pandemia, quase 30 milhões de contaminados e mais de 130 mortos na tragédia de Petrópolis, RJ. As intempéries do ciclo de chuvas, crateras, devastação e mortes, típicos dos meses de janeiro e fevereiro […]

Porandubas nº 748

Abro a coluna com o passarinho. O passarinho Inflamado, o candidato eleva a fala no palanque. Argumentava que o povo livre sabe escolher seus governantes. Para entusiasmar a multidão, levou um passarinho numa gaiola, que deveria ser solto no clímax do discurso. No momento certo, tirou o pássaro e com ele, na mão direita, bradou: […]