26 de junho de 2022 2:13 PM

Enchente

Mortes devido a chuvas torrenciais no sul da China chegam a 13

Foto: Xinhuan
Há três pessoas desaparecidas na região
RTP - Rádio e Televisão Portuguesa

Subiu para 13 o número de mortos em consequência das chuvas torrenciais que afetaram o Sul da China. Há três pessoas desaparecidas, informou hoje (28) a imprensa estatal chinesa.

Cinco vítimas foram encontradas no interior de um edifício industrial que desmoronou e três em um prédio residencial que caiu na sexta-feira, acrescentou a agência de notícias oficial Xinhua, citando o gabinete de informações da região de Wuping.

A chuva forte começou na noite de quinta-feira (26) em Wuping, que fica a cerca de 210 quilômetros (km) da cidade costeira de Xiamen, na província de Fujian.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram algumas ruas inundadas, com água lamacenta, e outras onde o pavimento foi parcialmente levado pelas águas.

A tempestade danificou plantações, provocou cortes no fornecimento de energia e destruiu 39 casas em Wuping, disse a imprensa estatal. Mais de 1.600 pessoas foram retiradas de suas casas.

Mais cinco pessoas morreram e três estão desaparecidas na província de Yunnan, a cerca de 1.200 km de distância, no sudoeste da China, disse a emissora estatal chinesa CCTV.

A tempestade danificou estradas, pontes e instalações de telecomunicações e energia na região de Qiubei, em Yunnan, que fica a 130 km da fronteira com o Vietnam.