21 de maio de 2022 11:53 PM

Leilão

Obra “Marilyn”, de Warhol, é vendida por US$ 195 milhões em leilão

Foto: mptvimages.com
Retrato é uma das peças mais conhecidas da arte pop
Agência Reuters
O famoso retrato em silk-screen de Marilyn Monroe, feito pelo artista pop Andy Warhol em 1964, foi vendido por US$ 195 milhões em leilão nessa segunda-feira (9), recorde para obra de um artista norte-americano vendida em leilão.

Shot Sage Blue Marilyn faz parte de uma série de retratos que Warhol fez da atriz após sua morte em 1962 e, desde então, se tornou uma das peças mais conhecidas da arte pop.

Mantida na coleção dos negociantes de arte suíços Thomas e Doris Ammann, a obra foi vendida pela Christie’s em um leilão em Nova York. As estimativas de pré-venda haviam chegado a US$ 200 milhões.

O quadro foi vendido por preço de martelo, de US$ 170 milhões. Com o acréscimo de taxas, o preço final chegou a US$ 195 milhões.

A venda bateu o recorde anterior de uma obra de arte norte-americana em leilão, de US$ 110,5 milhões, fixado em 2017 para uma pintura de Jean-Michel Basquiat, de 1982.

“‘Shot Sage Blue Marilyn’ é o auge absoluto do pop americano”, disse Alex Rotter, presidente da Christie’s para as artes dos séculos 20 e 21, em declaração anunciando o leilão. “A pintura transcende o gênero do retrato, superando a arte e a cultura do século 20.”