6 de julho de 2022 8:57 AM

Polícia

Polícia Civil prende autor de tentativa de homicídio

Foto: Ascom - PCRR
Ascom - PCRR
Agentes da PCRR (Polícia Civil de Roraima) lotados na Delegacia de Alto Alegre, prenderam na tarde desta terça-feira (23), R. S. B., de 22 anos, investigado pela tentativa de homicídio contra F. C. S., de 23 anos.
De acordo com informações prestadas pelo delegado titular de Alto Alegre, Wesley Costa Oliveira, o crime ocorreu no dia 7 de maio, na sede de Alto Alegre. A vítima recebeu dois tiros do autor e, um dos disparos, pegou em sua cabeça, ricocheteou no crânio, saindo na parte de traz.
Na ocasião, a vítima foi encaminhada para atendimento médico e, no dia seguinte, teve alta. Ao ser ouvida, a vítima relatou que o suspeito ainda correu atrás dela, em volta de um carro, e disparou a arma por mais vezes. Mas, a arma não efetuou os disparos.
Após o crime, a vítima ficou aterrorizada e resolveu sair da cidade por receio que o autor novamente tentasse o matar. O investigado já tem outras passagens na Polícia, inclusive pelo mesmo crime de tentativa de homicídio.
Logo após a notícia do crime ser apresentada na Delegacia de Alto Alegre, o delegado Wesley de Oliveira determinou a equipe da SIOP (Seção de Investigação e Operação) realizassem as diligências com escopo de elucidar a autoria do crime. Após apresentação do resultado da investigação, os agentes identificaram o autor do crime.
O delegado titular decidiu representar pela prisão preventiva dele e, após manifestação do Ministério Público favorável, a Comarca de Alto Alegre, onde foi acolhido o pedido, decretou a prisão preventiva do autor.
Na data de ontem a equipe de policias civis de Alto Alegre conseguiram cumprir a prisão preventiva contra o investigado, que negou qualquer envolvimento no crime, mesmo com inúmeras provas contra ele.
Após a formalização da prisão, o homem foi entregue na Central de Custódia e passou por Audiência na manhã desta quarta-feira, sendo mantida a prisão preventiva. Ele foi encaminhado ao Sistema Prisional de Roraima, onde se encontra à disposição da Justiça