6 de julho de 2022 8:19 AM

Educação

REDE ESTADUAL | Central de Matrículas realizou mais de mil atendimentos

Foto: Ascom - SEED
Francis Silva

A Central de Matrículas do Estado encaminhou entre os dias 25 a 28 deste mês, 1.040 pais e responsáveis para efetivarem a matrícula dos estudantes nas escolas da rede estadual de ensino, localizadas na capital. Ao todo, estavam sendo disponibilizadas 8.197 vagas.

“A Central de Matrículas foi uma forma de acabar com as enormes filas que se formavam em frente às escolas. Nossos servidores atenderam de forma ágil e responsável, aqueles pais que por algum motivo não conseguiram efetivar a matrícula dos estudantes no período oficial”, explicou o governador Antonio Denarium.

Agora, as solicitações de matrículas devem ser realizadas diretamente nas secretarias das escolas que dispõe vaga. “Ainda estamos disponibilizando em Boa Vista, 7.157 vagas. Quem perdeu o prazo do período oficial de matrículas e o da Central, deve procurar diretamente as escolas”, ressaltou José de Souza, secretário adjunto de Gestão da Educação Básica da Seed (Secretaria de Educação e Desporto).

Para consultar as vagas disponíveis, basta acessar o link: https://bit.ly/3oeCJfz

Na escola, será necessário apresentar cópia e original do histórico escolar ou guia/declaração de transferência; CPF do aluno (se tiver) ou RG, ou certidão de nascimento do aluno.

E ainda RG e CPF do pai, mãe ou responsável legal do aluno; comprovante de residência com CEP; cartão de vacina atualizado; cartão do Bolsa Família (se beneficiário) e 02 fotos 3×4 recentes.

“Ainda dispomos de vagas para todas as etapas de ensino. São vagas suficientes para atender todos os nossos estudantes. Além disso, temos equipado as escolas com mobiliários novos, quadros brancos, equipamentos de copa e cozinha, bebedouros além de material de limpeza e higiene, para garantir a segurança de todos no retorno das aulas”, informou a secretária de educação e desporto, Leila Perussolo.

Ano letivo 2022 – O início das aulas na rede pública estadual de ensino está agendado para iniciar no dia 7 de fevereiro, de forma 100% presencial. Porém, os próximos dias serão decisivos para a permanência desse modelo de retorno.