27 de maio de 2022 8:44 AM

Polícia

REPRESSÃO AO CRIME ORGANIZADO

Foto: Ascom - PCRR
Ascom - PCRR
A PCRR (Polícia Civil de Roraima) participa desde o início da manhã desta quinta-feira (17), da operação denominada “Smurfing”, coordenada pela Polícia Civil de Pernambuco em parceria com a SEOPI (Secretaria de operações Integradas) do MJSP (Ministério da Justiça e Segurança Pública) por meio do Projeto M.O.S.A.I.C.O.
Na execução, estão sendo empregados 400 Policiais Civis, entre
Delegados, Agentes e Escrivães de 16 Estados do País.
Em Roraima a ação é coordenada pela DG (Delegacia Geral de Polícia), DOPES (Departamento de Operações Especiais) e a execução pela equipe do GRI (Grupo de Resposta Imediata) sob a coordenação da delegada Simone Arruda. Policiais que integram o GRT (Grupo de Resposta Tática) também participam da ação.
Estão sendo cumpridos dois mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão em domicílio, decorrente de uma investigação iniciada em novembro de 2018, com o objetivo de identificar e desarticular uma Organização Criminosa, voltada à prática dos crimes de Tráfico de Drogas e Lavagem de Dinheiro, com atuação em todo o Brasil.
Em todo o País estão sendo cumpridos 75 Mandados de Prisão, 45 Mandados de Busca e Apreensão Domiciliar, Sequestro de Bens e Bloqueio de Ativos Financeiros, todos expedidos pela Vara Criminal da Comarca de
Ipojuca.
As investigações foram assessoradas pela Diretoria de Inteligência da Polícia Civil de Pernambuco – DINTEL, pelo Laboratório de Lavagem de Dinheiro – LAB/PCPE, SEOPI/MJSP, GISO/SERES e pelas POLÍCIAS CIVIS DOS ESTADOS DO RIO GRANDE DO NORTE, AMAZONAS, PIAUÍ, MARANHÃO, RORAIMA, RONDÔNIA, MATO GROSSO, MATO GROSSO DO SUL, GOIÁS, PARANÁ, ALAGOAS, SÃO PAULO, ACRE, MINAS GERAIS E BAHIA.
Os detalhes da referida operação serão divulgados pela Assessoria de Comunicação da Polícia Civil, em momento oportuno, após a conclusão dos trabalhos que estão em andamento.