22 de maio de 2022 4:08 AM

Covid-19

Roraima recebeu mais de 16 mil doses de vacina nesta sexta-feira

Foto: Secom - RR
Mais de 72% das vacinas recebidas foram repassadas aos municípios
Lidiane Oliveira

A semana vai encerrar com boas notícias para a saúde. O Estado de Roraima recebeu nesta sexta-feira,  dia 4, uma nova remessa de vacinas contra a Covid-19. Foram recebidas 16.850 doses do imunizante da Janssen.

O novo lote chegou no final da manhã de hoje, e foi recebido pelas equipes da Coordenadoria Geral de Viigilância em Saúde, Ministério da Saúde e Anvisa, com apoio da Polícia Federal, responsável pelo acompanhamento das vacinas até a sede do Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunização.

“Esses imunizantes serão fundamentais para reforçar a campanha de vacinação da população em geral contra a Covid-19 em Roraima. Por isso, reforçamos para todas as pessoas que ainda não estão imunizadas que compareçam ao posto de saúde mais próximo e tomem a sua vacina e atualizem o cartão”, enfatizou a coordenadora geral de Vigilância em Saúde, Valdirene Oliveira.

Mais de 72% das vacinas recebidas foram repassadas aos municípios

De acordo com os dados do Vacinômetro (https://covid19.modulo.com/vacinometro/abastecidas), plataforma criada para que a população possa acompanhar os índices de vacinação no Estado, até o momento das 1.254.138 vacinas recebidas do Ministério da Saúde, o Governo de Roraima repassou aos 15 municípios cerca de 911.843 doses, ou seja, mais de 72% de repasse do total recebido.

A plataforma mostra ainda que foram aplicadas 727.862 vacinas, sendo 386.088 primeira dose, 286.626 segunda dose, 10.865 doses única e 41.401 doses de reforço. Entre as crianças de 5 e 11 anos foram aplicadas 2.734 doses pediátricas.

“É com muita alegria que registramos nesta sexta-feira a chegada de mais vacinas para esse trabalho tão importante que é a vacinação da nossa população. E o recado ainda é para aqueles que estão com o esquema vacinal incompleto. Pedimos que não percam tempo e procurem um posto de saúde na Capital ou no Interior para se imunizar e reforçar essa corrente de esperança”, enfatizou o governador Antonio Denarium.