1 de julho de 2022 12:50 PM

Esportes

Torneio da França: brasileiras encerram participação contra Finlândia

Foto: Thais Magalhães
Seleção de Pia Sundhage busca vice-campeonato de torneio amistoso
Lincoln Chaves

A seleção feminina de futebol enfrenta a Finlândia nesta terça-feira (22), às 14h30 (horário de Brasília), pela última rodada do Torneio Internacional da França. A competição amistosa serve de preparação para a Copa América, entre 8 e 30 de julho, na Colômbia. A partida será disputada no estádio Michel D’Ornano, em Caen, palco também dos compromissos anteriores pelo torneio.

As brasileiras somam um ponto, do empate por 1 a 1 com a Holanda, na quarta-feira passada (16). No último sábado (19), as comandadas da técnica Pia Sundhage foram derrotadas pela França, por 2 a 1, de virada. As anfitriãs lideram a competição com seis pontos, das vitórias sobre Brasil e Finlândia (5 a 0, na quarta-feira, no estádio Océane, em Le Mans). As holandesas aparecem em segundo, com quatro pontos – elas derrotaram as finlandesas por 3 a 0 no sábado, também em Le Mans.

Apesar de não ter mais chances de título, a equipe canarinho disputa com a Holanda o vice-campeonato. Para isso, o Brasil tem de ganhar das finlandesas e torcer para as rivais perderem das francesas no duelo das 17h10, em Le Mans. Neste cenário, a briga pelo segundo lugar ficaria pelo saldo de gols, pois ambas as seleções teriam quatro pontos. As holandesas, por sua vez, serão campeãs se baterem as anfitriãs, que jogam pelo empate.

A posição final na competição amistosa, porém, não é a prioridade de Pia. Nesta segunda-feira (21), em entrevista coletiva, a treinadora deixou claro que a preocupação dela para o embate com a Finlândia é ver a seleção ter mais velocidade na tomada de decisão e acertos de passe na construção ofensiva.

“Tenho conversado com as jogadoras sobre como ficar mais com a bola. Elas são muito técnicas, mas não estão ainda atuando por seus clubes na temporada, esse é uma das razões para esses tantos erros de passe. Além disso, quando você joga contra bons times como Holanda e França, você precisa inverter o jogo com mais rapidez e isso começa desde a goleira, e vamos conduzindo a bola até termos certeza que temos espaços. Temos que seguir o que a gente vem trabalhando, ter mais jogos como esses será muito importante pra gente afinar essa inversão de jogo e concluir os passes”, analisou a técnica sueca.

Assim como no duelo contra a França, Pia indicou que fará mudanças na equipe titular. Na partida anterior, a treinadora fez cinco mudanças em relação ao time que iniciou o jogo com a Holanda, promovendo as entradas da goleira Lelê, da lateral Tamires, da zagueira Rafaelle, da volante Angelina e da atacante Marta. Elas substituíram, respectivamente, Lorena, Fê Palermo, Daiane, Duda e Geyse.

“Elas [Finlândia] são boas nas bolas paradas e esse será um bom treino para sabermos se estamos fazendo o certo na marcação. Será também uma nova chance de testar novas jogadoras, algumas já atuaram por muitos minutos, outras nem tanto”, concluiu Pia.