30 de junho de 2022 2:54 AM

Saúde

Dispensa de Declaração de Saúde do Viajante é prorrogada

Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil
Companhias aéreas já foram comunicadas da prorrogação
Pedro Peduzzi

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informa que, devido a questões técnicas em seu sistema, prorrogou para 2 de março o período de dispensa de apresentação da Declaração de Saúde do Viajante (DSV). A prorrogação, segundo a agência, se deve à “necessidade técnica de migração” do sistema que hospeda a declaração para novo ambiente.

As companhias aéreas já foram comunicadas sobre a ampliação do prazo.

De acordo com a Anvisa, a decisão foi tomada após “oscilação na disponibilidade de acesso ao sistema do formulário eletrônico da DSV”, documento obrigatório para embarque internacional com destino ao Brasil. Essa oscilação foi identificada no dia 24.

“A fim de evitar transtornos para viajantes e empresas aéreas, como decorrência da instabilidade do sistema e da necessidade de ajustes técnicos, a agência comunicou que os viajantes com destino ao Brasil que não tivessem conseguido realizar o preenchimento da declaração (DSV) estariam dispensados até o dia 26/02 de apresentar, no momento do embarque internacional, o comprovante de preenchimento.

A Anvisa alerta que a dispensa excepcional e temporária da apresentação da declaração não isenta os viajantes de cumprirem as demais normas sanitárias brasileiras para ingresso no país. “A Anvisa está adotando as medidas necessárias visando ao pronto reestabelecimento do formulário, apresentando desculpas pelos eventuais transtornos”, complementa a nota.