27 de maio de 2022 9:33 AM

Agricultura

Governo vai distribuir 50 toneladas de adubo para produtores da agricultura familiar

Foto: Secom - RR
Michel Sales

A cada dia, a agricultura familiar em Roraima cresce em ritmo acelerado, oportunizando ao produtor que está na lida do campo o desenvolvimento dos negócios. Este tem sido o propósito do Governo do Estado, que, por meio da Seadi (Secretaria de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação) está trabalhando para alavancar a produção agrícola e a economia.

Neste início de etapa do projeto de grãos da agricultura familiar serão distribuídos nos próximos dias 50 toneladas de adubo super simples para Boa Vista e outros cinco municípios do interior: Iracema, Alto Alegre, Mucajaí, Cantá e Bonfim.

“O projeto da agricultura familiar está acontecendo e os insumos estão chegando. Na semana passada, iniciamos a entrega de diesel e recebemos calcário. Agora, temos a primeira leva de super simples, uma adubação de excelência e que dará continuidade para a produção da cultura de grãos. Com esse trabalho, os produtores estão iniciando a preparação do solo para o plantio deste ano”, destacou o técnico da Coordenadoria de Agricultura Familiar e Indígena, Régis Monteiro.

Segundo ele, o super simples é um fertilizante rico em nutrientes para o solo e bastante utilizado na agricultura. “O super fosfato simples é rico em cálcio e enxofre, além de fósforo, e seu uso como adubo traz grandes benefícios para o agricultor, contribuindo na polinização, germinação do grão e ativação do metabolismo vegetal”, ressaltou.

Para o secretário de Agricultura, Desenvolvimento e Inovação, Emerson Baú, o Governo de Roraima tem ampliado as ações em benefício ao homem do campo. “Nosso objetivo é concretizarmos a meta de 200 mil hectares de grãos produzidos no Estado. Com isso, estamos motivando a oferta de insumos, além da assistência técnica a pequenos produtores, regularizando terras e, consequentemente, atraindo investidores”, complementou.

APOIO TÉCNICO

A equipe técnica da Coordenadoria de Agricultura Familiar e Indígena orienta, apoia, acompanha e avalia a execução de programas e projetos que desenvolvem e fortalecem a Agricultura Familiar e Indígena em Roraima.

A partir do atendimento, são propostas políticas de incentivo à organização socioeconômica, o associativismo e cooperativismo na promoção, estímulo e estruturação das atividades produtivas, disseminando a adoção de tecnologias com o uso sustentável da biodiversidade.

A Coordenadoria também firma parcerias de cooperação técnica em sintonia com as demandas dos segmentos de produção, agroindustrialização, comercialização e abastecimento, além de articular parcerias para a implantação de programas de expansão da área plantada, oferta de insumos e mecanização do processo produtivo.