22 de maio de 2022 3:42 PM

Literatura

Escola Major Alcides promove programação especial para celebrar Dia Mundial do Livro

Foto: Ascom - SEED
Dia Mundial do Livro, celebrado no próximo 23 de abril
Gabriel Cavalcante

Em alusão ao Dia Mundial do Livro, celebrado no próximo 23 de abril, a Escola Estadual Major Alcides Rodrigues dos Santos promove nesta semana, uma programação especial voltada para a prática literária.

“A Escola Major Alcides está fazendo um trabalho de resgate à leitura, com alguns incentivos, como premiação para o leitor mais assíduo da escola. Esperamos que nossos alunos, cada vez mais se interessem e procurem a leitura, que tem o poder de fazer a imaginação viajar”, disse Ana Ilza, gestora da instituição.

Na manhã de hoje, 19, os alunos receberam o professor e escritor Leonilto Manoel da Cruz, autor do livro biográfico ‘Memórias de Minha Infância’, para uma roda de conversa sobre a obra do escritor e literatura em geral.

Pela parte da tarde, foi a vez do escritor Aldenor Pimentel, autor de obras como ‘Deus para Presidência’, ‘A Inacreditável História do Milho Gigante’ e ‘O Jogo da Democracia’, para um outro bate papo sobre leitura.

“A leitura não ajuda somente no sentido de compreensão de mundo, ela contribui também para que as pessoas consigam se posicionar melhor, se expressar melhor. A literatura traz todo um benefício para as pessoas, não só para que elas saibam se construir, mas para auxiliar na construção de outras pessoas”, disse o escritor Leonilto Manoel.

A biblioteca da escola também foi reinaugurada e o espaço recebeu o nome de “Biblioteca Neucely Modesto Rolin”, em homenagem a uma antiga professora de química da instituição, e que faleceu em 2017.

Ontem, 18, os estudantes participaram de um momento com a responsável pela biblioteca, a professora Maíla Conegundes, que conversou com os alunos sobre a História da Literatura. Ela explicou que dia 18 de abril, é comemorado o Dia da Literatura Infantil, em homenagem ao aniversário de Monteiro Lobato, primeiro escritor a produzir textos infantis no Brasil.

Já o dia 23 de abril foi definido como Dia Mundial do Livro, em homenagem ao aniversário de morte dos grandes escritores, William Shakespeare, Miguel de Cervantes e Inca Garcilaso de La Vega.

O estudante da 2ª série do Ensino Médio, Arthur Alexandre é um dos leitores mais ativos da escola. Ele disse que começou a ler pouco antes da pandemia, ao se interessar por escritores negros, como Machado de Assis. O discente afirma que se interessou pela leitura ao ver que haviam tantos escritores com representatividade racial, que o inspiravam.

“O primeiro livro que li inteiro foi ‘Ressureição’ de Machado de Assis e desde então, não parei. Li todos os livros de Machado e comecei a procurar livros de romance, poesia, e principalmente de Sociologia”, disse o aluno, enfatizando que também admira escritores como Gilberto Freyre, Lélia Gonzalez, Castro Alves, Álvares de Azevedo, entre outros clássicos da literatura brasileira.

“Todos os livros que li me transformaram como indivíduo e acho que a leitura me ajuda a ter um pensamento crítico e me faz questionar o que é ser cidadão”, finalizou Arthur.

Programação segue nesta quarta-feira, 20 durante todo o dia

Nesta quarta-feira, 20, a escola segue com uma programação diferenciada, com Contação de Histórias com as professoras Nilce Freitas, Renatta Alves e Roseli Coutinho, do Programa Caminhada Literária, pela manhã às 10h e a tarde a partir das 16h.

Além disso, neste dia 20 de abril, também é celebrado o Dia Mundial da Terra e a escola também realizará atividades comemorativas à data. Haverá plantio de mudas, exposição de trabalhos com materiais reciclados, oficinas e atividades lúdicas. As ações começam a partir das 9h.