6 de julho de 2022 9:58 AM

Polícia

Policia prendecasal por tráfico de drogas no bairro Aracelis

Foto: Ascom - PCRR
Ascom - PCRR
Agentes da PCRR (Polícia Civil de Roraima) lotados na DRE (Delegacia de Repressão à Entorpecentes) e no Denarc (Departamento de Narcóticos), prenderam em flagrante na quarta-feira (15), o casal M. C. S, conhecido como “Paizão”, de 38 anos e a dona de casa R. P. A. S., de 37 anos, acusados pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e receptação.
De acordo com informações prestadas pela delegada titular da DRE, Francilene Lima Hoffmann de Vargas, as prisões ocorreram no Bairro Aracelis, zona oeste capital.
“Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, os policiais intensificaram o monitoramento nas proximidades da residência do casal, onde tínhamos a informação de que no local funcionava um ponto de venda de droga”, disse a delegada.
Ainda segundo a delegada, durante todo o dia, os policiais registraram a movimentação no local, confirmando as suspeitas de que casal estava atuando na comercialização ilegal de droga.
Durante as investigações, os agentes tentaram abordar um motociclista suspeito de comprar drogas na residência do casal. No momento da negociação, ao perceber a movimentação dos policiais, o motociclista conseguiu fugir antes da equipe abordá-lo.
Durante as buscas na residência, na presença do casal investigado, os policiais localizaram 21 porções de maconha, um pacote contendo pasta base de cocaína, totalizando aproximadamente 300 gramas de drogas, e a quantia de R$ 612,00, dinheiro supostamente proveniente da venda da droga.
A delegada enfatizou que também foram localizados uma balança de precisão, vários objetos que possivelmente foram trocados por drogas, entre eles um aparelho celular com registro de ocorrência de roubo/furto.
Na ação, os policiais apreenderam um veículo Ford Fiesta Sedan e uma motocicleta Honda Biz que, em tese, estavam sendo utilizados pelo casal para a prática do crime do tráfico de drogas.
Após as diligências, os envolvidos M. C. S, e R. P. A. S., a droga, o dinheiro e os objetos foram encaminhados à Delegacia Especializada. Foi lavrado um APF (Auto de Prisão em Flagrante), em desfavor do casal pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas e receptação de objetos roubados e ou furtados.
Os dois foram apresentados nesta quinta-feira (16), na Audiência de Custódia.